Dominando os 19 Canais de Tração

Descubra os 19 canais de tração essenciais do livro ‘Tração’ para alavancar o sucesso da sua empresa. Explore estratégias inovadoras com Caranaue!

Explorar os canais de tração para startups é fundamental para o sucesso no mercado competitivo. 

19 Canais de Tração do livro Tração

Inspirado no livro “Tração” de Gabriel Weinberg e Justin Mares, este guia prático oferece insights sobre como aplicar cada um dos canais de tração com exemplos e cases reais de startups.

No livro eles ensinam a Metodologia Bullseye Framework, que expliquei neta publicação:
O Poder do Bullseye Framework para Crescimento de Startups
Leitura complementar obrigatória para quem quer entender como trabalhar os Canais de Tração.

QUEM SOU EU? 

SOU RODRIGO SCHMIEGELOW, PUBLICITÁRIO, TRABALHO COM MARKETING DIGITAL DESDE 2007, JÁ PASSEI POR VÁRIAS AGÊNCIAS DE MARKETING DIGITAL E CRIEI A METODOLOGIA MARKETING DIGITAL 5.0, QUE ORGANIZA E SIMPLIFICA O APRENDIZADO E APLICAÇÃO DO MARKETING DIGITAL.

Além disso sou founder e CEO da dottie, plataforma para Criadores de Conteúdo.

Deixe seu nome e email e acompanhe as novidades:

1. Blogs Especializados:

Blogs especializados têm se destacado como um canal eficaz para impulsionar startups.

Ao direcionar seu foco para nichos direcionados, esses blogs atraem leitores apaixonados por tópicos específicos, oferecendo às startups a oportunidade de alcançar públicos altamente segmentados, engajados e com credibilidade por confiarem nessas plataformas.

Hoje em dia boa parte desses blogs especializados fazem parte de algum grupo de mídia maior, ainda assim são um dos canais de tração mais efetivos, principalmente para produtos ou serviços direcionados a públicos específicos.

  • Aplicação: Startups podem colaborar com blogs especializados para alcançar públicos segmentados. 
  • Por exemplo, uma startup de saúde pode contribuir com artigos em blogs de bem-estar.
  • Cases: HubSpot utilizou blogs especializados de marketing para estabelecer autoridade.

2. Publicidade Tradicional – canais de tração:

A publicidade tradicional engloba canais como televisão, rádio, jornais, revistas e outdoors.

Mesmo com a predominância do digital na publicidade atual, essas formas tradicionais mantêm suas vantagens, oferecendo um alcance extenso e uma sólida credibilidade.

  • Aplicação: Anúncios em TV, rádio ou impressos podem construir reconhecimento de marca.
  • Por exemplo, uma startup de varejo pode usar anúncios de TV durante eventos esportivos.
  • Cases: HelloFresh usou anúncios em TV para alcançar um público amplo; Dollar Shave Club viralizou com um comercial criativo.

LEIA TAMBÉM: POR QUE TER UM BLOG PARA A SUA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR?

3. Relações Públicas não Convencionais:

Relações Públicas não convencionais surgem entre os Canais de Tração como uma ferramenta eficaz para startups que buscam se destacar.

Utilizando estratégias inovadoras e pouco ortodoxas, elas conseguem capturar a atenção da mídia e do público, distinguindo-se das técnicas tradicionais de RP.

  • Aplicação: Criar eventos ou histórias únicas para chamar a atenção da mídia.
  • Exemplo: Uma startup de tecnologia pode realizar um hackathon inovador e lançar como notícia para os veículos de comunicação.
  • Cases: Tesla gerou buzz com anúncios de novos modelos; GoPro destacou-se com vídeos de ação feitos pelos próprios usuários.

4. SEM (Search Engine Marketing):

O Marketing de Motores de Busca (SEM) abarca tanto a otimização de buscas (SEO) quanto a publicidade paga por clique (PPC).

Diferente das estratégias convencionais, focadas frequentemente apenas em palavras-chave populares, o SEM não convencional emprega táticas criativas e específicas para fazer uma startup brilhar em um mercado altamente competitivo.

  • Aplicação: Utilizar anúncios pagos em motores de busca para direcionar tráfego.
  • Exemplo: Uma startup de e-commerce pode usar Google Ads para impulsionar vendas comprando palavras chaves relacionadas aos seus produtos.
  • Cases: Airbnb usou Google Ads no início para crescer rapidamente; Wayfair se beneficiou do SEM para aumentar sua presença online.

5. Social Ads/Display Ads:

Anúncios Sociais e Display Ads se destacam como canais de tração poderosos para atingir e engajar o público-alvo de startups.

A originalidade dessas estratégias está na criatividade, na segmentação precisa e na personalização aprofundada dos anúncios, diferenciando-os dos formatos padrão e ampliando significativamente a eficácia.

  • Aplicação: Anúncios em redes sociais ou banners em sites para segmentação específica.
  • Por exemplo: Uma startup de moda pode usar Instagram Ads para alcançar um público jovem.
  • Cases: Slack usou LinkedIn Ads para alcançar profissionais; Glossier cresceu através de anúncios no Instagram.

LEIA TAMBÉM: CURIOSIDADES DAS CORES NA PSICOLOGIA E NO MARKETING

6. Anúncio Offline não convencionais:

A abordagem de Anúncios Offline Não Convencionais consiste na utilização criativa de mídias tradicionais, como outdoors, mídia impressa e eventos.

Essa estratégia inovadora e surpreendente visa capturar a atenção do público de forma impactante e memorável.

  • Aplicação: Uso de billboards, flyers, ou anúncios em transportes públicos.
  • Exemplo: Uma startup de entrega de alimentos pode usar flyers em bairros residenciais.
  • Cases: BrewDog ganhou visibilidade com billboards provocativos; Casper usou anúncios em metrôs para alcançar urbanistas.

7. SEO (Search Engine Optimization):

O Search Engine Optimization (SEO) é destacado como uma ferramenta essencial para o crescimento de startups.

Ele foca na otimização de websites para aprimorar seu posicionamento nos resultados de busca em motores como o Google de forma orgânica.

Com a evolução da inteligência artificial (IA), o SEO está se tornando mais dinâmico e personalizado, fique esperto com as novas tendências antes de criar sua estratégia de SEO.

  • Aplicação: Otimização para motores de busca para melhorar a visibilidade online.
  • Exemplo: Uma startup de software pode criar conteúdo otimizado para termos técnicos usando o long tail para ajudar em seu posicionamento mais rápido.
  • Cases: TripAdvisor cresceu com forte presença em SEO; Canva se beneficiou do SEO para atrair designers.

LEIA TAMBÉM: VIDEOAULA GRÁTIS SEO BÁSICO PARA WORDPRESS – PARTE II

8. Marketing de Conteúdo:

O Marketing de Conteúdo é reconhecido como uma estratégia crucial para impulsionar o crescimento de startups.

Essa abordagem se baseia na criação e distribuição de conteúdo valioso e pertinente, com o intuito de atrair e envolver um público-alvo específico, visando, em última análise, estimular ações rentáveis dos clientes.

  • Aplicação: Criar blogs, vídeos, e-books para engajar e educar a audiência.
  • Exemplo: Uma startup financeira pode criar conteúdos educativos sobre investimentos.
  • Cases: Mint atraiu usuários com blogs financeiros úteis; Buffer cresceu através de um blog transparente sobre sua cultura.

LEIA TAMBÉM: DESCUBRA QUAIS CONTEÚDOS PARA O INSTAGRAM VOCÊ PODE USAR A FIM DE CRESCER O SEU PERFIL

9. E-mail marketing/Newsletter:

O E-mail Marketing e as Newsletters são reconhecidos como canais eficazes para desenvolver e sustentar relações com clientes e potenciais clientes.

Estas ferramentas oferecem uma comunicação direta, personalizada e quantificável, desempenhando um papel vital na nutrição de leads e na conversão de usuários em clientes.

Além disso, a integração com plataformas como o LinkedIn pode expandir significativamente o alcance e a efetividade dessas campanhas.

  • Aplicação: Comunicação direta através de e-mails para nutrir leads e clientes.
  • Exemplo: Uma startup de moda pode enviar newsletters com as últimas tendências.
  • Cases: BuzzFeed aumentou seu alcance com newsletters cativantes; Dollar Shave Club manteve engajamento com e-mails humorísticos.

10. Engenharia como Marketing:

Engenharia como Marketing, uma estratégia abordada no livro Tração, consiste em empregar a engenharia e o desenvolvimento de produtos como instrumentos de marketing.

Essa estratégia capacita startups a desenvolverem ferramentas, widgets ou outras soluções tecnológicas que cativam e beneficiam seu público-alvo, promovendo o reconhecimento da marca e a fidelização do cliente.

  • Aplicação: Ferramentas ou widgets gratuitos para atrair clientes.
  • Exemplo: Uma startup de análise de dados pode oferecer uma ferramenta gratuita de análise do tráfego de um site.
  • Cases: HubSpot ofereceu um ‘Website Grader’ gratuito; Moz criou várias ferramentas gratuitas de SEO.

11. Marketing Viral entre os canais de tração:

O Marketing Viral é a jogada perfeita para startups na vibe de crescimento acelerado.

Essa tática dentro dos Canais de Tração, é toda sobre criar conteúdos ou campanhas super maneiras e únicas, que fazem a galera querer compartilhar na hora, causando aquele buzz e espalhando sua mensagem num ritmo alucinante.

  • Aplicação: Criar produtos ou conteúdos que incentivem o compartilhamento.
  • Exemplo: Um aplicativo de mensagens pode introduzir funcionalidades divertidas para compartilhamento.
  • Cases: Dropbox cresceu com um programa de indicação; Robinhood se espalhou rapidamente com uma proposta de valor clara.

12. Desenvolvimento de Negócios (BD):

O Desenvolvimento de Negócios (BD) é visto como a chave mestra para o up das startups.

BD é aquela arte de formar parcerias estratégicas, alianças e acordos maneiros que abrem portas para crescimento conjunto, chegada em novos mercados e a vibe boa de compartilhar recursos.

  • Aplicação: Parcerias estratégicas para expandir alcance e recursos.
  • Exemplo: Uma startup de tecnologia educacional pode fazer parceria com escolas.
  • Cases: PayPal se expandiu através de parceria com o eBay; Spotify cresceu com parcerias com gravadoras.

13. Vendas também está entre os Canais de Tração:

A estratégia de Vendas é tipo o coração do crescimento de algumas startups.

Essa pegada é toda sobre sacar e conquistar clientes com táticas de venda que são pura eficiência, seja mandando bem nas vendas diretas, arrasando no inside sales ou bombando nas vendas online.

  • Aplicação: Estratégias diretas de vendas, como cold calls ou demos.
  • Exemplo: Uma startup de software B2B pode usar uma equipe de vendas para abordar empresas.
  • Cases: Salesforce cresceu com uma forte equipe de vendas; Atlassian expandiu através de vendas diretas sem representantes de vendas.

14. Programa de Afiliados:

Programas de Afiliados são reconhecidos como uma estratégia astuta para startups.

Nesse esquema, afiliados – que podem ser pessoas ou empresas – divulgam um produto ou serviço e, em troca, recebem uma comissão por cada venda ou lead gerado.

Essa abordagem não só expande o alcance da marca, mas também impulsiona as vendas de um jeito que vale a pena em termos de custo-benefício.

  • Aplicação: Incentivar terceiros a promover produtos em troca de comissão.
  • Exemplo: Uma startup de e-commerce pode oferecer comissões para blogueiros.
  • Cases: Amazon popularizou o marketing de afiliados; Shopify expandiu através de afiliados que promoviam sua plataforma.

15. Plataformas Existentes:

As Plataformas Existentes são apontadas como um caminho eficiente para startups acelerarem seu crescimento.

Esta estratégia se baseia no uso de plataformas já bem-estabelecidas e populares para ganhar visibilidade e aumentar o tráfego. Isso inclui tirar proveito de redes sociais, marketplaces online, plataformas de software e outros canais similares.

  • Aplicação: Utilizar plataformas populares para ganhar tração.
  • Exemplo: Uma startup de jogo móvel pode lançar seu jogo na App Store.
  • Cases: Uber cresceu aproveitando a onipresença dos smartphones; Airbnb se beneficiou da popularidade do Craigslist.

16. Feiras de Negócios:

Dentre os Canais de Tração, as Feiras de Negócios são enfatizadas como um canal crucial para impulsionar o crescimento de startups.

Participar desses eventos pode ser uma maneira eficaz de gerar novos contatos e leads, ampliar sua rede, mostrar seus produtos e se atualizar sobre as últimas tendências do setor.

  • Aplicação: Participação em feiras para networking e exposição.
  • Exemplo: Uma startup de tecnologia pode apresentar em feiras de inovação.
  • Cases: Trello ganhou visibilidade em uma feira de tecnologia; Oculus VR chamou atenção em feiras de jogos.

17. Eventos Offline:

Eventos offline são reconhecidos como um meio eficiente para startups construírem sua marca, estabelecerem relações fortes e até mesmo concretizarem vendas.

Participar ou organizar esses eventos proporciona interações pessoais significativas, que são fundamentais para impulsionar o reconhecimento e a confiança na marca.

  • Aplicação: Organizar ou participar de eventos para criar conexões pessoais.
  • Exemplo: Uma startup de fitness pode organizar workshops de bem-estar.
  • Cases: Meetup cresceu organizando eventos comunitários; Peloton promoveu eventos de ciclismo indoor.

18. Palestras, também está entre os Canais de Tração:

Palestras são apontadas como um método eficaz entre os Canais de Tração para startups ganharem visibilidade, estabelecerem sua autoridade no setor e se conectarem diretamente com seu público-alvo.

Essa estratégia inclui participar ou organizar palestras em eventos, conferências e workshops.

  • Aplicação: Participar como palestrante para estabelecer autoridade e rede de contatos.
  • Exemplo: Um fundador de startup pode falar em conferências de empreendedorismo.
  • Cases: TED Talks ajudaram a promover tecnologias inovadoras; Y Combinator ganhou prestígio com palestras de seus fundadores.

19. Criação de Comunidades:

No livro Tração, é enfatizada a importância da formação de comunidades como uma estratégia que pode ser vital para o crescimento de startups.

Desenvolver uma comunidade em torno de uma marca ou produto pode fomentar a lealdade, aumentar o engajamento do cliente e gerar defensores fervorosos da marca.

  • Aplicação: Construir comunidades online ou offline para fomentar a lealdade.
  • Exemplo: Uma startup de jogos pode criar um fórum para seus jogadores.
  • Cases: Reddit cresceu alimentando comunidades diversas; Fitbit construiu uma comunidade em torno da saúde e fitness.

Dominando os 19 Canais de Tração

A aplicação efetiva desses canais de tração podem acelerar significativamente o crescimento de uma startup.

Para aprofundar em como aplicar essas estratégias, confira nosso artigo sobre o modelo Bulleye no blog da Caranaue.

Nele, discutimos como escolher os canais certos, medir seu sucesso e saber quando pivotar. Visite Modelo Bulleye para mais informações.

Essa matéria foi feita a partir do livro Tração, disponível neste link na Amazon.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments